tudo-sobre-a-taxa-euribor

Esclareça aqui as suas dúvidas sobre a Taxa Euribor

Possivelmente já ouviu falar sobre a Taxa Euribor. No entanto, apesar de muitos de nós já termos ouvir falar sobre ela e as suas variações não sabemos o que é ao certo. 

Uma vez que é uma “taxa” até podemos saber que está ligada ao sector bancário mas pouco mais sabemos sobre ela e como é que ela afecta o nosso dia-a-dia.

O que é a Taxa Euribor?

A Euribor surgiu na mesma altura que apareceu o Euro, no dia 1 de Janeiro de 1999. É uma abreviatura para EURo InterBank Offered Rate o que, traduzindo à letra, significa “taxa de oferta interbancária em Euros”.

Ao contrário do que o nome indica, a Euribor não é apenas “uma” taxa mas sim uma representação de um conjunto de taxas com prazos diferentes (uma semana, um mês, 6 meses e 12 meses).

Mas que taxas são estas?

o-que-e-a-taxa-euribor

Antes de mais nada, não são apenas as pessoas e empresas que pedem empréstimos aos bancos. Os próprios bancos também pedem empréstimos entre si e estes são os chamados “créditos interbancários”.

A Euribor é nada mais do que a média das taxas de juro praticadas dentro de um grupo específico de bancos em Euros. Esse grupo é definido pela Federação de Bancos Europeus e é actualmente constituído por 18 bancos, entre os quais se encontra a Caixa Geral de Depósitos.

O valor desta taxa é calculado diariamente e comunicado todos os dias às 10 horas de Lisboa. Antes de ser feito o cálculo, são excluídas 15% das taxas mais altas e mais baixas e o resultado final é arredondado às três décimas.

O que influencia o valor desta taxa?

Uma vez que o seu cálculo é feito com base em taxas de juro, a Euribor é muito influenciada pelo volume de oferta e procura. Mas há também outros factores externos que a vão influenciar.

Também é muito influenciada pelas circunstâncias económicas, nomeadamente, o crescimento económico e nível de inflação. Isto indica que a sua variação está associada a políticas económicas.

Em épocas de crise económica o Banco Central Europeu tende a criar medidas que ajudem a dinamizar a economia. Uma dessas medidas pode ser a redução das taxas de juro de forma a facilitar o acesso ao crédito bancário. Isto faz com que a Euribor desça.

Por outro lado, em períodos de recuperação económica e, de forma a que a inflação seja controlada, haverá maiores restrições no acesso aos créditos o que faz com que o valor desta taxa suba.

como-se-calcula-a-taxa-euribor

Que impacto tem na sua vida?

Se recorreu a um crédito à habitação com taxa variável para comprar casa, então a Euribor tem um grande impacto na sua vida e, em especial, na sua carteira.

95% dos créditos à habitação em Portugal são de taxa variável. Esta taxa variável é o resultado da soma entre a Euribor e o Spread (conhecido como TAN). O Spread é um valor fixo e foi acordado com o seu banco aquando da assinatura do contrato do crédito à habitação. Assim, o que faz variar a TAN e, consequentemente a mensalidade que tem de pagar ao banco, é a Euribor.

Como vimos anteriormente, a Euribor é calculada diariamente e tem vários prazos mas, em Portugal, a mais usada nos créditos à habitação é a taxa a 6 meses. Isto significa que a mensalidade que tem a pagar ao banco será revista a cada 6 meses.

Também poderá optar por outros prazos. Regral geral, quanto mais curto for o prazo da Euribor, menor será o valor da mesma. Estas tendem a ser uma boa escolha em períodos de crise económica. No entanto, é inevitável que esta volte a subir, o que irá agravar a prestação a pagar ao banco.

De forma simples, o prazo que escolher será também o prazo a que a mensalidade a pagar ao banco será revista. Quando a Euribor sobe, a prestação que deve pagar ao banco também sobe. Quando ela desce, a prestação que deve pagar ao banco também desce.

Conclusão

Se tem uma prestação mensal para pagar ao banco, a Euribor tem um grande impacto no seu bolso. Mas, uma vez que um crédito à habitação é um contrato a longo prazo, mesmo que esta taxa não desça nos próximos 2 ou 3 anos, é provável que isso venha a acontecer ao longo de um período de 30 ou 40 anos.

Caso queira consultar os valores actuais da Euribor, poderá sempre fazê-lo aqui.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.