razoes-para-ser-consultor-imobiliario

5 razões para ser consultor imobiliário

Com o crescimento do mercado imobiliário, que parece não abrandar, o papel do consultor imobiliário ganha cada vez mais importância.

Ser consultor imobiliário é mais do que um simples emprego com uma rotina fixa de segunda a sexta, das 9:00 às 18:00. É uma profissão que requer um conjunto de capacidades interpessoais e técnicas que irão pôr qualquer um à prova. 

Um consultor é responsável pela angariação, mediação, negociação e gestão de qualquer transacção imobiliária. Iniciar uma carreira no mercado imobiliário é um desafio que requer persistência para ser superado. No entanto, há muitas boas razões para aceitar esse desafio e neste artigo serão abordadas as 5 principais.

1. Gestão do próprio horário

Uma das razões que mais se destaca e que leva muitos a considerarem esta profissão é o facto do consultor imobiliário ser o único responsável pela gestão e organização do seu horário. Isto faz com que seja possível criar um melhor equilíbrio entre a vida pessoal e profissional.

É importante não esquecer que, ainda assim, ser consultor imobiliário é algo que irá ocupar bastante tempo. Apesar de conseguir ter flexibilidade para acomodar os eventos da sua vida pessoal, também é importante aproveitar essa flexibilidade para ir de encontro às necessidades das pessoas que o contactam, sejam eles proprietários de imóveis ou compradores interessados em agendar uma visita.

No entanto, isto pode ser particularmente importante para quem não lida bem com um horário diário fixo e procura ter uma agenda mais flexível. Ainda assim, deverá ser uma pessoa bastante proativa e disciplinada para não se perder nesta liberdade de horários.

2. Não há limites ao potencial de rendimento

Num trabalho tradicional há um limite àquilo que irá receber, ou seja, independentemente do esforço e tempo que investe, não irá receber mais do que aquele ordenado líquido ao final do mês. Claro que poderá ter alguns prémios e talvez até algumas promoções pelo caminho. Mas há certos valores que sabe que nunca irá ultrapassar enquanto trabalhar por contra de outrem.

Já o trabalho de um consultor imobiliário pode ser bastante lucrativo. Ao trabalhar por comissões, irá receber uma percentagem do lucro obtido pela agência imobiliária através da qual trabalha. Esta percentagem irá ser diferente consoante a agência a que escolheu associar-se, e algumas podem ter sistemas de recompensa bastante atrativos consoante o seu volume de negócios.

É verdade que existe alguma variação no que toca aos rendimentos mas, uma coisa é certa, o rendimento de um consultor imobiliário está diretamente relacionado com a quantidade e a qualidade do trabalho que este está disposto a fazer.

Também é importante ter a noção que os primeiros meses como consultor imobiliário não serão fáceis e poderá passar até os primeiros 6 meses sem qualquer rendimento. Por isso, esta é uma profissão que requer persistência e, acima de tudo, acção consistente. A acção consistente será recompensada com resultados consistentes.

O ideal será juntar-se a uma equipa que o irá compreender, acompanhar e partilhar mecanismos para superar os obstáculos que esta profissão acarreta. Aliar-se à equipa certa pode até ajudá-lo a obter resultados mais cedo do que imagina.

razoes-para-ser-consultor-imobiliario-objetivos

3. Um consultor define os seus próprios objetivos

Em muitas equipas de vendas, quem trabalha por comissões acaba por sentir a pressão de atingir certas metas. Já no caso do consultor imobiliário, é ele mesmo quem traça os seus próprios objetivos. Para que haja um crescimento contínuo, é importante que estes objetivos sejam ambiciosos mas realistas.

A forma como atinge esses mesmo objetivos também está inteiramente dependente do consultor imobiliário. É ele quem decide se quer trabalhar sozinho ou criar uma equipa. Se se quer focar na angariação de propriedades ou na prestação de serviços a clientes compradores, ajudando-os a encontrar a casa dos seus sonhos.

Numa fase inicial é normal que tenha de fazer de tudo um pouco mas, à medida que ganha mais experiência, vai ter cada vez mais pessoas a procurá-lo, o que irá fazer com que possa começar a focar-se num nicho do mercado ou em certas partes do processo que gosta mais.

4. Serão sempre precisos consultores imobiliários

Depois de passarmos por diversas crises económicas, este ponto acaba por ser muito importante, isto porque ninguém quer correr o risco de ficar sem emprego numa situação de crise. 

Estabilidade não é a primeira palavra em que as pessoas pensam para definir a profissão do consultor imobiliário mas a verdade é que, independentemente das oscilações do mercado imobiliário, este estará sempre ativo visto que está ligado a um bem de primeira necessidade, a habitação.

Mesmo em situações de crise, muitas pessoas precisam de recorrer a alterações da vida pessoal ou profissional que poderão implicar alterações na habitação e serão sempre precisos consultores imobiliários que as apoiem neste processo.

Tudo aquilo que um consultor imobiliário precisa para sobreviver a tempos de crise é de manter uma carteira de clientes sólida, baseada em valores como ética, integridade e respeito. Um fator que também ajuda à criação de uma relação de confiança com os clientes é a ligação a uma empresa cuja marca esteja bem estabelecida no setor. Com estes pontos a favor, a progressão na carreira de um consultor imobiliário é inevitável, independentemente do contexto socio-económico actual.

razoes-para-ser-consultor-imobiliario-realizacao-pessoal

5. Uma fonte de realização pessoal

Este ponto é especialmente importante para pessoas que gostam de ajudar outras pessoas. Isto porque, o consultor imobiliário tem um grande poder para impactar a vida das pessoas através ou da venda das suas propriedades para realização de outros sonhos ou porque ajuda pessoas a encontrar a casa que sempre quiseram, o escritório ou espaço comercial que testemunhará o nascimento de um negócio de sucesso, ou o investimento que trará liberdade financeira.

Por isso, a realização de qualquer negócio no mercado imobiliário é proveitoso para ambas as partes envolvidas. Esse é o grande objetivo do consultor imobiliário, garantir que todos tiram o maior proveito do negócio em questão.

Assim, esta profissão pode ser uma fonte de grande satisfação pessoal, pois o consultor sabe que pode ser um agente na realização de um sonho, ajudando a melhorar a vida de alguém de forma substancial.

Conclusão

Ser consultor imobiliário pode ser a melhor opção para quem não lida bem com um emprego comum onde precisa de cumprir horários e sabe que, independentemente do esforço que investe, irá receber sempre o mesmo no final do mês.

A autonomia de horários, organização de trabalho e rendimento quase ilimitado são algumas das razões que atraem muitas pessoas a esta profissão. No entanto, só irá beneficiar destas características quem for persistente, proativo e disciplinado. Caso contrário, pode acabar por não investir o tempo e esforço necessários para obter bons resultados.

Por isso, o ideal será aliar-se a uma empresa que o ajudará a manter-se focado nos seus resultados e que o ajudará a ultrapassar as alturas mais difíceis através da partilha de experiências com outros colegas que estiveram na mesma situação, e também de ferramentas e mecanismos que os ajudaram a ultrapassá-las.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.